Oi...
Com o tempo descobri que o melhor estado da vida não é estar apaixonada, sim é estar tranquila. Somente quando uma pessoa deseja encontrar esse equilíbrio interior onde nada sobra e nada falta, é quando se sente mais plena do que nunca.

A maioria das pessoas buscam encontrar a companhia perfeita, mas sem antes procurar  nem haver feito uma viagem imprescindível: a do autoconhecimento.
Nunca se pode obter a paz no mundo externo sem antes fazermos a paz com nós mesmos. Dalai Lama
O fato de não haver realizado esta peregrinação pelo nosso interior se deparando com os vazios e as necessidades, faz com que às vezes, escolher companheiros de viagem pouco acertados.
Relações efêmeras que ficam na solidão de nossas almofadas, tão cheias de sonhos quebrados e lágrimas sufocadas. Tanto é que assim, que são muitas as pessoas que passam a vida, saltando de pedra em pedra, de coração em coração, armazenando decepções, amarguras e desencantos.
Em meio a isso tudo, se tem duas opções: olhar para trás ou olhar pra frente. E fazer tudo para tomar o caminho certo: o do interior, pois aí que se encontra  o apreciado equilíbrio.
A tranquilidade não é ausência de emoções, tão pouco significa renunciar ao amor ou a essa paixão que nos dignifica, essa que nos dá asas e também raízes. 
A pessoa tranquila não evita nenhuma de estas dimensões, mas é onde um sabe muito bem onde estão os limites, onde essa temperança, ilumina nossa paz interior.
Vivemos uma cultura que nos obriga a buscar um companheiro (a) como se assim pudéssemos alcançar a autorrealização, que anula nossa identidade para surgir uma idealização absolutista e errônea do amor.
O melhor estado do ser humano não é AMAR até anular-se, nem que nos anulemos com medo da solidão. O amor, por muito que se diga, nem sempre justifica tudo, não implica que temos que abandonar a nós mesmas. 
O curioso de tudo isto, é que há quem chega a crer que o amor soluciona tudo, como um bálsamo que tudo resolve e que põe tudo em ordem.  
Mas, antes de nos lançar ao vazio, esperando ter a sorte no amor, o mais adequado é ir pouco a pouco, tentando primeiro encontrar essa calma, essa tranquilidade interior, organizando os #quebra cabeças" pessoais para adquirir força e temperança.
Tente dizer a si mesma (o), "desejo calma e quero encontrar meu equilíbrio interno". É uma maneira excelente de favorecer seu crescimento pessoal e para alcançá-lo nada melhor que promover estas mudanças. 
- Primeiro: discrimine as relações não satisfatórias que você tem agora. Ninguém poderá encontrar essa tranquilidade se tem alguma relação que te cause mal, seja ela, familiar, de amizade ou laboral;
- Segundo: tome uma decisão única: deixe de ser vítima! De certo modo, sempre somos em algum aspecto de nossa vida, das inseguranças, das nossas obsessões ou limitações... Reprograme suas atitudes para alimentar a coragem suficiente para derrubar todas os muros
- Terceiro: ter um propósito, uma meta clara e definida: de ser feliz. Cultive isso e se sinta bem como é, pelo que você tem e pelo que há conseguido. Essa atitude de amor próprio, nos dá um grande equilíbrio. 
Pessoas, cujo coração respira o equilíbrio e cuja a mente tem tranquilidade, não veem o amor como uma necessidade ou como um anseio desesperado. 
O amor não é algo que chega para resgatá-la, porque a pessoa tranquila já não necessita ser salva. O amor é um tesouro que alguém encontra e que decide, por própria liberdade e vontade, e cuidá-lo como a dimensão mais bonita do ser humano.

Compartilhe:

7 Comentários

  1. Oi Sheyla, um ótimo post. Hoje em dia isso é muito claro para mim, mas precisamos de algum tempo para chegar nesse ponto. Entender que o equilíbrio interior, a paz, o esta bem e feliz consigo mesma é o que realmente nos faz feliz.
    Uma ótima semana.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook

    ResponderExcluir
  2. o melhor da vida é mesmo estar de bem consigo mesmo e ser feliz

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Realmente não podemos amar os outros se não amarmos à nós mesmos. Parabéns pelo post!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog JOVEM JORNALISTA está em HIATUS DE INVERNO, de 20 de julho à 29 de agosto. Mas republiquei um post. Nesse período comentaremos nos blogs amigos.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Amo minha companhia sair sozinha e me encontrar, sempre falo se não estamos bem consigo próprio não vamos estar bem com ninguém

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Sheyla,
    Acho que muito desta tranquilidae vem com a maturidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nada como estar bem consigo mesmo para viver uma vida mais leve!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Sheyla! Para adquirir esta paz e plenitude,precisa de tempo. E como é prazeroso quando chegamos lá. Beijinhos

    ResponderExcluir

Olá!
Fico feliz com sua visita e não saia sem deixar seu comentário.
Bjokas,Sheyla.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *