PÉ NA BUNDA


Olá, pessoas!! 
Uma amiga compartilhou no facebook e achei bem interessante! Vale a pena ler.



"Há meses ando acompanhando um fenômeno estranho, no qual semanalmente tenho uma nova amiga solteira. Mas não é qualquer tipo de solteirice, é aquela imposta e sofrida, mais conhecida como pé na bunda.
O mais estranho é que todas elas têm um mesmo perfil: especialmente bonitas, especialmente inteligentes, especialmente bem sucedidas, especialmente bem vestidas e especialmente bem resolvidas.

É uma espécie de epidemia, parece que ninguém está segura.

E é um fenômeno generalizado. Quem não tem uma amiga fantástica que não tenha passado por isso recentemente?
As supostas justificativas são as mais diversas: você trabalha demais; você é incrível demais; você é exigente demais; você é controladora demais; você é expansiva demais; você é doce demais; você estuda demais.

Enfim, são inegavelmente mulheres que são demais para esses caras.

E toda semana tenho visto alguém em mar aberto. Sem rumo, sem chão, chorando um oceano. Apavorada por achar que nunca mais vai encontrar alguém “tão legal quanto ele”. Com medo de morrer sozinha com 7 gatos. Com medo de ter que fazer um tinder ou de ir pra balada e ter que ficar com um cara que usa jeans rasgado e corrente de prata.
Fico olhando para essas mulheres. Seus cabelos impecáveis, seus currículos invejáveis, seus empregos imponentes, mas se achando as últimas das criaturas. Já desisti de tentar entender tudo isso. Dizem que é difícil entender as mulheres, mas tentar entender esses caras me parece ainda mais desafiador.

É claro que sempre podemos melhorar algo no nosso comportamento para os próximos relacionamentos. Não estou dizendo que somos perfeitas, que não devemos repensar atitudes ou que estamos acima do bem e do mal.
Mas sério, meninas, não se culpem!
Não se perguntem se a culpa do término é daquela celulite que sempre aparece na sua coxa esquerda quando você cruza a perna. Nem se é daquele pijama de bolinha que você usa no inverno. Nem dos 3 quilos que você não perdeu. Nem dos livros que você leu enquanto ele roncava. Nem do fato de você babar quando dorme. Nem daquele fim de semana que não deu tempo de depilar a perna.

Nem nada! Nem dos seus erros, nem dos seus defeitos, nem das suas crises!
A culpa não é sua. E talvez nem dele. Acabou, acabou.
Talvez ele peça para voltar, talvez não. Talvez ele implore, talvez você não queira. Talvez você fraqueje, talvez siga como a rainha do gelo. Talvez ele apareça com uma mulher com 3 metros de perna e peitos na altura do queixo. Talvez ele vire gay. Talvez ele se apaixone pela mulher mais feia do bairro, mas que é gente fina pra caramba. Talvez apareça na sua porta com um diamante do tamanho de uma lichia e vocês sejam mais felizes que William e Kate. Sei lá. O fato é que, sabe lá Deus porque, atualmente ele não quer mais ficar com essa mulher incrível que você é.
E a culpa não é sua mesmo. Ele tem as razões dele. E ele simplesmente tinha duas escolhas: ficar com você ou não, com todas suas qualidades e defeitos. E ele escolheu o “ou não”. Simples assim. Não o odeie. Mas principalmente: não se odeie.
Keep walking, gatinha. Acontece com todo mundo. Mas não vou negar que está acontecendo mais com as mais incríveis.
Algumas se perguntam se é o caso de disfarçar as qualidades com os novos paqueras. Se fingir de burra, mentir sobre emprego, falar que ganha mal. Tentar não assustar.

Não, não, nada disso. Continuem imponentes. Lindas. Invejáveis. Honrem tudo que conquistaram.  Se o teco-teco não acompanha o boeing, paciência. Continuem voando. Uma hora a gente aterrisa em terras melhores.

E sim, há terras melhores, tenham certeza. Há caras bacanas soltos por aí. Há histórias incríveis para se viver. E há centenas de dias melhores te esperando".
                                                                    Ruth Manus
Fonte: http://vida-estilo.estadao.com.br/blogs/ruth-manus/mulheres-fantasticas-tambem-tomam-pe-na-bunda/

RUTH MANUS é advogada e professora universitária. Lê Drummond, ouve pagode, ama chuchu com bacon e salas de embarque. Dá risada falando de coisa séria. Não perde um XV de Piracicaba contra Penapolense por nada. Sofre de incontinência verbal, tem medo de vaca e de olheiras, que nem todo mundo.
  



Espero que seja uma boa reflexão para todas nós e com a certeza de que não se pode deixar abater!

Beijinhos,
                                                                         


44 comentários:

  1. Isso mesmo, Sheyla. Mulher tem tendência a "meu mundo caiu" e muitas vezes preferem ficar com o cara errado a ficarem sozinhas. Muitas vezes, por esse mesmo medo de ficarem sozinhas, acabam começando uma relação sem a mínima chance de dar certo. Eu não queria esta "à solta" nessa época de agora, não...Está tudo muito confuso, papeis muito misturados, a mulher perdeu a sua essência (sei que esta é uma fala que pode parecer machista, mas é apenas real). O homem continua o mesmo, o velho e egoísta, egocêntrico homem das cavernas...Minha filha se separou aos 30 anos e há cinco está sozinha, sem perspectiva nenhuma de encontrar um bom parceiro, pq os homens estão absolutamente na deles e assustados com o que as mulheres querem. Afinal, elas querem tudo e não estão dispostas a abrir mão de nada...Exatamente como eles. Então, fica difícil, né?
    Beijo e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiquei com muitas pessoas que não tinha nada a ver comigo, apenas pra mostar aos outros que tinha alguém!! Pois é , Lúcia, acho que não vou ter mais nenhum relacionamento! O negócio tá difícil mesmo.. mas eu ando tranquila, chega num momento da vida que é preciso relaxar e esperar acontecer. Sou do tipo: melhor só do que mal acompanhada.
      Adorei seu depoimento.

      Beijokas,
      http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Amei o texto, é bem assim mesmo. Acho que os homens estão se intimidando com mulheres tão maravilhosas, meu marido as vezes me fala que tem medo de me perder porque eu sou incrível, independente, resolvo minha vida sem precisar dele. Que bobagem, não? Vai entender os homens, na verdade eles tem é medo de levar um pé na bunda de uma mulher incrível. Por isso se sentem intimidados...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei esse texto logo que vi e achei interessante compartilhá-lo. Acho que seu marido está certo, deve ter med de perder você, pois ele sabe que encontrar pessoas assim, atualmente está muito difícil.

      Beijokas,
      http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. Realmente estar con una pareja en la que la afinidad y el desafino, la alegría y la pena, la amistad y el respeto, la sexualidad bien llevada y la química que te acerca sean fantásticas, es MUY DIFÍCIL; yo siempre digo que la PASIÓN acerca, pero puede ser un cepo del que luego no sepas o no quieras salir, porque cuando se termina la PASIÓN, sino hay CONOCIMIENTO y CORDURA además de SENTIDO COMUŃ, para entender que no hay NADIE PERFECTO y que el AMOR es un acto de GENEROSIDAD constante que hay que renovar a diario, ahí si que es cuando la persona da la talla, o bien llega a la RENUNCIA para hacer camino en SOLITARIO.
    Yo siempre digo que la SLEDAD bien entendida, es una COMPAÑERA DE CAMINO FANTÁSTICA!!!, que te lleva a descubrir y a aceptar nuestros defectos y con ello a perfeccionarlos para que cada vez más podamos dar lo mejor de nosotr@s, y si no es posible hacer camino en compañía, la SOLEDAD es una buena opción.
    Luego existen los que como yo son reacios a saber llevar una convivencia porque somos ALMAS exageradamente INDIVIDUALES y sin dejar de acercarnos al prójimo preferimos andar SOL@S por la vida aunque ello conlleve un cierto aislamiento y una cierta renuncia de muchas cosas.
    De cualquier forma, ya sea en compañía o en solitario, lo mejor de todo es sentirse bien en la propia piel, sin culpas ni complejos, y caminando así, todo se hace más fácil y desde luego no estar negad@s a nada PORQUE TODO PUEDE SUCEDER CUANDO MENOS TE LO ESPERAS!!!.
    UNA ABRAZO QUERIDA :))))
    Conxita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Así es Conxita, encontrar un par que es compañero perfecto y tiene otras cualidades juntos es muy difícil. Estoy solo demasiado tiempo, estoy tranquilo hoy, pero de vez en cuando echo de menos una empresa. Muchos hombres hoy están buscando más cantidad que dfo calidad.
      Gracias por visitar mi blog, siempre es bienvenido.
      Bjokas.

      Excluir
  4. Adorei!

    Ruth tem toda a razão...acabou...acabou...vira-se a página e a vida continua...só ou acompanhada...

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficar sofrnendo por quem não merece, é triste, pois a vida continua.
      Bjoss

      Excluir
  5. Oi Sheyla, é a Vi, se tá ruim para o boeing, imagine para as outras? kkkkkkkkk
    Concordo com a Lucia, os papeis estão misturados, tudo confuso, as pessoas querem viver sem compromisso com o próximo, mas comprometidas com elas mesmas.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, o negócio tá muito difícil rsrsrs As pessoas estão muito confusas, principalmente sobre os relacionamentos, ninguém quer perder.

      Excluir
  6. Sheyla, que texto bom de ler! Parece que o tempo passa e os relacionamentos continuam complicados, né? Eu sou casada há muito tempo, mas quando era solteira, era exatamente assim: estava tudo lindo e maravilhoso e, de uma hora pra outra, surge um pé na bunda do nada... Vai entender! Parece que todo mundo tem medo, não sei... beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gê, é verdade, aconteceu muito comigo!! rsresrs

      Bjos.

      Excluir
  7. Nossa muito legal o texto.É isso ai, relacionamentos acabam, nãoo temos como controlar isso. Cada um pega sua bagagem acertos e erros e bola pra frente pois sempre há algo melhor no fim do arco iris. bjs
    www.antestardedoquenunca1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Sheyla, graças e Deus eu tenho muita sorte com o meu marido, felizmente sou tratada que nem uma princesa, mas realmente às vezes mais vale estar só, do que estar mal acompanhada.
    Beijos.
    Ana Silva - aventuradedecoracao.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,que conserve assim seu relacionamento!!
      Bjokas.

      Excluir
  9. Que delícia esse texto Sheylinha...
    Minhas amigas tb andam nessa "fase"... Mas o que é nosso de verdade tá guardado <3

    Ameiiii!!

    Beijãooo sua amada!!

    Nanda

    ResponderExcluir
  10. Pé na bunda é doloroso tomar e tb é doloroso você dar em alguém. Sempre alguém fica triste.

    Big beijos

    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é , algum dos dois sai machucado.
      Bjoss

      Excluir
  11. O texto está muito bom :)

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  12. Sem drama!!! A fila anda...toda panela tem sua tampa, até a frigideira já tem. Se coloca mais bonita ainda e bola pra frente. Bobo de quem perdeu tudo isso...rs.... sou casada a vinte anos, mas penso assim quem perdeu não fui eu...rs....Beijos

    ResponderExcluir
  13. Nessas horas percebo como a experiencia como modelo me mudou. Eu passei por tanto perrengue mundo a volta. Acidentes, abusos, tudo o que vc puder imaginar eu ja vi. Pé na bunda é a menor das preocupações. To vacinada já. Sai no xixi.

    bjs de Filipinas,
    Gabi Barbará
    Barbaridades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Gabi... Imagino que nem tudo é glamour!!
      Tudo passa.
      Bjoss

      Excluir
  14. Sofrer por quem não merece não vale a pena...a vida passa e a gente acaba preso ao passado...
    o melhor a se fazer é dar a volta por cima...pq sempre tem alguem por ai disposto a nos fazer feliz!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  15. Eu to nesta lista rs...
    Acredito que faltam homens de verdade. O que tem a rodo são moleques, que brincam com sentimentos.
    Problema nosso é que a carência acaba empurrando a gente para o lado dos que não prestam.
    Tem aquela velha história do dedo podre feminino.
    Portanto amadinhas, muito cuidado!!!

    Eu não desisti de ser feliz!!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  16. Sem dúvidas quanto mais a mulher é linda, independente e bem sucedida, mais ela afasta os homens.
    Mas isso não é ruim. Na verdade ela afasta o "tipo de homem" que realmente ela nao merece.
    Porque o HOMEM DE VERDADE se orgulha de ter ao seu lado uma mulher independente!
    Beijos!

    Blog Sobre Makes e Balanças

    ResponderExcluir
  17. Quem nunca levou um fora que atire a primeira pedra. Apesar de tudo o essencial é aprendermos, não é?
    Beijos =)

    ResponderExcluir
  18. resp: ainda bem, obrigada e bom fim de semana :)

    ResponderExcluir
  19. Uma excelente reflexão sem dúvida! As mulheres têm de aprender a valorizar-se mais!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  20. Too bem por aii rsrsrs, gostei do texto veio em boa hora.... rsrs
    ameii viu, to te seguindo
    beijãooo

    http://donabelissima.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Eu acho que ultimamente as coisas andam muito 'descartáveis', tanto para os homens qto pras mulheres... de modo geral.
    As pessoas não estão tão dispostas a se doarem numa relação, pois tudo tá muito fácil.
    Mas quem realmente acredita no amor, não pode desistir. E o principal, se amar antes de qqr coisa!
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  22. Uma reflexão maravilhosa, pena que
    muitas mulheres não se valorizam,por
    isso sempre esse pé na bunda por falta
    de compostura

    Abraços de bom começo de semana!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  23. Verdade. Eu acho que não adianta se martirizar, se ver que não está bom pra nenhum. Não adianta.
    É porque não deu certo, porque não era a hora, porque não era a pessoa.

    Beijos, Fernanda.
    mudeimodei.com.br

    ResponderExcluir
  24. Simplesmente amei o texto. É uma baita de uma verdade. E as vezes essas mulheres humilham-se tanto pra um possível retorno que se esquecem de dar valor a si mesmas, de procurar seguir em frente de cabeça erguida.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
  25. Fere o ego da gente quando levamos um pé na bunda, mas eu encaro um pé na bunda como uma coisa que eu não tive a coragem de terminar e que precisava. No fundo, as coisas não estavam indo tão bem assim. Quando a sincronicidade é recíproca, não tem pq ter medo. Quando passei por isso, morria de medo de terminar. Quem ama, gosta e tem um relacionamento saudável, não tem medo.

    K!

    ResponderExcluir
  26. Oiii amiga, esse assunto é muito triste kkkkk levei alguns durante a minha caminhada, na verdade não propriamente pé na bunda mas aquele sumiço discreto que significa o mesmo kkkkkkk nunca me abalei muito mas teve um que foi marcante, na verdade foi uma troca, por uma conta bancária milionária, kkkk aquele que dizia que eu era a mulher da vida dele mudou de opinião rapidinho quando surgiu na vida dele uma orfã de pai e mãe herdeira de uma verdadeira fortuna em Minas, bom p ele que se casou e hoje tem 2 filhos com ela, bom p mim que conheci o meu marido logo depois disto e sou verdadeiramente amada a 15 anos kkkkk Bjossss

    ResponderExcluir
  27. É isso mesmo, não podemos nos abater por causa desse tipo de situação!
    Se o cara não dá conta do recado, acabou e pronto!
    Bola pra frente e cabeça erguida ;)
    bjsss e bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Olá!
Fico feliz com sua visita e não saia sem deixar seu comentário.
Bjokas,Sheyla.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...