Compulsão




Oi, pessoas de rosto bonito!


Quem não tem compulsão por algo?? Esse tema é bastante vasto, na novela Salve Jorge, a delegada Helô (Giovanna Antonelli), descontava suas frustrações nas compras e Aída (Natália do Valle) , vivia controlando os passos do namorado... Essa compulsão, quero ter nunca!!


Longe da televisão, esses comportamentos descontrolados, são piores do que na ficção, e se manifestam de diversas formas: comer, comprar, se exercitar, fazer sexo, e quando estes prazeres normais, viram compulsão, gera um estrago emocional enorme, maior do que o alívio que eles proporcionam.

Como saber se um hábito, que para você é natural, como trabalhar, transar, malhar, está sendo uma compulsão? É quando ele é maior ou mais significante, do que outros interesses, tornando-os secundários ou sem importância.

Abrir mão dos momentos com a família ou do lazer, para ficar horas trabalhando; atrasar tarefas; perder horas de sono para ficar navegando pela internet, ou transar com inúmeros homens sem vontade ou fora de controle, pode ser um aviso que você esteja extrapolando seus limites.

Ser consumista, exibicionista, imediatista, é da cultura a qual a gente vive, sendo que tudo isso, é um estímulo ao exagero, qualquer que seja ele. No caso das pessoas compulsivas, essa satisfação dura muito pouco tempo.

É natural sentir ciúmes em algum momento, o erro está em achar que ele acrescenta charme a um relacionamento ou soma algum sentimento. Ao contrário, indica que algo está errado, e que  geralmente está ligado ao medo de perder o objeto do amor ou por pura insegurança. O cuidado com o outro, é saudável, mas o ciúme egoísta e negativo, só revela preocupação para quem sente.


Para os especialistas, as compulsões não têm cura, mas começar a reconhecer que você precisa de ajuda é uma luz no fim do túnel, e deve-se procurar ajuda, com um psicólogo ou um grupo de apoio, que estão voltados para pessoas que estão ali reunidas pela mesma situação, contribuindo assim para enfrentar o problema, e que mesmo acontecendo as recaídas, é o início para retomar o comando de sua própria vida.

Para tentar se livrar do problema, é preciso, primeiramente, perceber que aquele hábito está comandando você e não ao contrário. Escutar as outras pessoas, é importante, uma vez que a cegueira para a doença é um fator determinante em vários tipos de compulsão.

Suas causas são inúmeras: história de vida, personalidade, hereditariedade e até pessoas que têm um déficit de dopamina (substância do bem estar) que, ao sentir determinados prazeres e dependendo de seu estado emocional, os níveis da dopamina no cérebro se elevam em alto nível, deixando assim a pessoa viciada.

Ficar afastada de situações ou lugares que pode desencadear algum episódio de compulsão, é uma maneira de evitar a tentação, mesmo que diga a si mesmo que vai se controlar, é comum a pessoa não conseguir controlar o acesso.

De todas formas, o melhor é buscar ajuda, pois será determinante para saber qual o melhor tratamento para seu caso.
Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/bem-estar/

E aí, pessoas, alguém tem compulsão por alguma coisa? Sei, que é bem difícil a gente assumir, mas pode contar algum caso que você conheça ou que já tenha passado.



Uma bela terça compulsiva para nós!
Bjokas,

34 comentários:

  1. Olá minha querida Sheylinha!
    Adorei o post, super interessante :)
    Mil beijos, saúde e sucesso sempre.
    CoisadeMenina
    youtube.com/layladafonseca
    Instagram: @coisade_menina
    bloglovin.com/coisademenina
    facebook.com/BgCoisadeMenina

    ResponderExcluir
  2. Compulsão é um problema...
    Sou uma pessoa bem controlada, só não consigo deixar de ser ansiosa.
    Super beijinho no coração.
    Jana Nogueira| Fanpage| Youtube

    ResponderExcluir
  3. Oi Sheyla,
    confesso que ás vezes me baixa o espírito do consumismo, mas nada incontrolável, pois se não posso não compro e pronto, mas já convivi com uma pessoa compulsiva e não é fácil.
    Beijos 1000 e uma terça-feira maravilhosa para vc.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  4. Ótimo post claro que tenho por limpeza e sincronicidade tem que estar tudo do mesmo jeito rs

    ResponderExcluir
  5. Não tenho compulsão de nada. Felizmente.
    Já fui muito ciumenta, sofri anos, até conseguir me controlar.
    O tempo melhora as pessoas, acho eu. Temos condições de entender nosssos problemas e pelo menos tentar controlar-nos. A ajuda de um profissional é necessária, quando saímos do controle.
    Beijo, Sheyla.

    ResponderExcluir
  6. Sheyla,tenho várias COMPULSÕES,MAS POR CHOCOLATE É A PIOR! COMPRAR UM PUNHADO E DIZER PRA MIM MESMA QUE SÓ COMEREI EM SITUAÇÃO DE HIPOGLICEMIA(SOU DIABÉTICA) É BOBAGEM PORQUE ENQTO EU NÃO COMER O ULTIMO NÃO VOU CONSEGUIR PARAR! O MELHOR MESMO É EU EVITAR! bJS E BOA SEMANA! iNTÉ!

    ResponderExcluir
  7. Olá Sheyla,que matéria maravilhosa,muita coisa eu não sabia sobre complusão viu!parabéns pelo post!Sucesso e até dia 31 pra aquele xeiro!



    http://www.dondokices.com/2013/08/convite-especial-mulher-moda-fashion.html

    ResponderExcluir

  8. Comentário fixo do meu face:

    Meninas. Vocês sabem que agora é assim: eu retribuo todos os comentários, curtidas, seguidores e inscrições no youtube. Basta você deixar um recadinho para mim. Sempre que eu AMAR DE PAIXÃO o seu post eu compartilho em todas as minhas redes sociais.
    Ah, sempre que entro em um blog eu coloco no meu twitter...
    Participe e a recíproca será verdadeira!
    www.rosachiclets.com.br

    E EU ESTOU DIVULGANDO ESTE POST, PORQUE AMEI DE PAIXÃO!

    ResponderExcluir
  9. Muito bom falar sobre isso, pois as vezes temos umas manias e não reconhecemos como manias ou compulsão! Gostei de saber mais...
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  10. Amiga querida, obrigada pelo carinho, eu adorei teu post, compulsão é mais comum do que a gente pensa, uma válvula de escape que pode viciar. Tive varias, atualmente tenho uma, segredo secreto, heheh, que quero superar tb. bjos flor, adorei tua visita.

    ResponderExcluir
  11. Oi Sheyloka, sabe que eu ainda não tinha pensando nisso? Acho que não chega a ser compulsão, mas gosto e muito de minha casa arrumada e limpa, mas não fico paranoica se ela ficar um pouco desarrumada. Por comida também não sou, por comprar coisas também não, ciúmes muito menos. Depois deste post ficarei mais observadora nisso rsrsrsrsrs. Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Amiga querida, que saudades que eu estava de passar aqui no teu cantinho!
    Depois de 3 meses parada com a minha vida de blogueira, estou de volta! Vou voltar a me dedicar ao blog e vou voltar a visitar o teu blog com mais frequência!
    Agora vou conferir os posts que eu perdi nos últimos dias...
    Tem post novo no meu blog: www.asosmamaenadia.com
    Beijos e até logo!

    ResponderExcluir
  13. hola Sheyla yo soy compulsiva para comprar ropa je je.. debo tratarme je je

    ResponderExcluir
  14. Já fui doente de ciúmes no meu primeiro casamento, e deu no que deu. Com o divórcio, aprendi de vez. Hj sou bem relax. Claro que um ciuminho é normal, mas nada que me deixe aflita ou que atrapalhe a nossa relação.
    Então, a minha compulsão atual é por chocolate. Não consigo comer só alguns bombons da caixa. Enqto não acabar com tudo, não sossego! Mas agora estou treinando esse meu lado tb, por causa da dieta, né! kkkkkkk...
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  15. Sheyla eu sou compulsiva por doces, eu sinto que eu nao consigo parar. Por isso vou tentar entrar nos vigilantes do peso para tentar me reeducar. Adorei o artigo amiga. Beijos =*

    ResponderExcluir
  16. Oi Sheyla,
    Todo excesso prejudica não é mesmo?
    Esse texto é muito bom a compulsão deve ser tratada.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Sheyla, és uma amada!!

    Eu tenho uma (ou 2), que não suporto admitir, mas que todo mundo fala e critica: Sou compulsiva por limpeza e organização. Não posso ver nada fora do lugar ou sujo, piro!!!
    Ando tentando me controlar, mas não é nada fácil...

    Realmente é preciso tratar para poder controlar :(

    Adorei o post, é muito bom alertar as pessoas e até mesmo as pessoas que vivem próximas para que possam ajudar!!

    Beijão amada e um ótimo restinho de quarta-feira!

    Nanda Pezzi

    ResponderExcluir
  18. Oi Sheila, hum eu não concordo com os especialista em dizer que compulsão não tem cura não, pois eu era uma gastadeira compulsiva pior que a Helo pq eu sou pobre rsrsrs, mas Graças a DEUS e minha força de vontade estou mudando esta realidade já algum tempo, reconhecer é o primeiro passo como vc falou.

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  19. Eu tô me reabilitando aos poucos, sou uma consumista compulsiva que sempre se arrepende pq eu compro só o que eu não preciso e fico sem o essencial!
    Beijos da Cássia :*
    Fique com Deus!
    www.nosolhosdequemviu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Que post bacana, Sheyloca! Acho importante reconhecer o problema. Conviver com uma pessoa compulsiva não é fácil, mas se a pessoa estiver determinada a se controlar, acredito que seja possível, sim. Não sabia que os médicos dizem o contrário :/
    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Belo post bastante informativo..compulsão é algo sério que precisamos de ajuda especializada quando alguém tem.
    Parabéns pelo blog e posts. Já estou te seguindo.
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir

  22. Olá Sheyla,

    Compulsão é um transtorno para os seus portadores. Contudo, uma vez reconhecida e aceita e com ajuda profissional torna-se controlável.
    Todo excesso é prejudicial e sinaliza patologia. Buscar ajuda é fundamental para o correto diagnóstico e tratamento.

    Muito bom o artigo.

    Vi que você se integrou ao meu recanto. Seja bem vinda.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  23. Eu tenho compulsão por compras =/ Se eu estiver triste, depressiva é melhor esconder meu cartão kkkkkkk
    Beijos Sheyloca!

    ResponderExcluir
  24. acho que nao tenho nenhuma compulsão, mas tenho uma mania,
    a de lavar as mãos, lavo muitas vezes no dia,
    e se tiver fora de casa, uso gel higienizante.

    baci

    http://fifiacrocheta.blogspot.it/

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde Sheyla!!!

    Passei para te desejar um ótimo final de semana e agradecer seu carinho!!
    Vc que é uma fofa e sempre tão amada comigo ;)

    Beijão, aproveite bastante!!

    Nanda

    ResponderExcluir
  26. Oi Sheyla,

    por causa de minha mãe tenho a mania de querer fazer tudo perfeito demais, ultimamente é que tenho ficado mais relaxada.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  27. Olá, achei muito legal o assunto. Pois eu sofria de uma compulsão abominável por comer a ponto de devorar uma pizza sozinha num momento de grande tensão. E claro que emagrecer nunca conseguia, procurei ajuda médica e graças a DEUS hoje estou bem melhor, e emagrecendo! : )

    Bjs bom fim de semana!

    http://papodemulheremaisumpouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oi,eu tenho um tique tique por portas,botijão e fogão,verifico várias vezes. Mas o que mais me atormenta é o ferro,toda vez que saiu de casa fico preocupada e confusa se eu desliguei ou não,as vezes nem consigo me divertir quando saiu,mesmo sabendo que verifiquei antes de sair,sempre fico com isso na cabeça. Tenha um ótimo final de semana!Bjss.

    ResponderExcluir
  29. Que post legal, adorei. Acho que não tenho nenhuma compulsão, que bom né!? rs
    beijos
    http://coisasdeumaruiva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Passando para te desejar um ótimo domingo!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  31. Eu tenho algumas sim.Em relação a arrumação,tudo no lugar chega a ser ate demais,diz meu esposo.E por comprar,sempre que vou na rua quero comprar alguma coisa.Não é normal.
    bjs!

    ResponderExcluir
  32. Oi amiga, preciso da sua ajuda lá no meu blog!
    Estou fazendo algumas reformas no blog, algumas mudanças, e preciso muito da opinião dos meus queridos leitores.
    Quero voltar a me dedicar mais à vida de blogueira, mas ainda não decidi que rumo seguir...por isso conto com a tua ajuda!
    Por favor, passa lá no post de hoje e deixe a sua opinião.
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  33. Nossa...sou muito compulsiva! Nas compras principalmente rsrs

    ResponderExcluir
  34. Oi Sheyla,
    Este tema é importante. Acho que não tenho nenhuma compulsão. Mas adoro esporte, e dia que eu não faça algum tipo de exercício, falta qualquer coisa. Agora como não me mato em horas na academia, pelo contrário, em 1 hora me sinto livre leve e solta, penso que não chega a ser compulsão. De resto tenho coisas que gosto muito, como coisas de casa, mas não compro adoidado. É só um gosto.
    Bjs, vou passando!

    ResponderExcluir

Olá!
Fico feliz com sua visita e não saia sem deixar seu comentário.
Bjokas,Sheyla.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...